Aquivos por Autor: APPV scv

Partes Interessadas

ão Partes Interessadas “todos aqueles (pessoas ou organizações) que afetam e ou podem ser afetados pelas atividades, produtos ou serviços de uma organização e pelo desempenho a ela associado”.

Para a Pelo Prazer de Viver, Saúde Cultura e Vida é imperativo o sentido de compromisso mútuo e colaborativo, com e entre as Partes Interessadas. Acreditamos que o envolvimento das nossas Partes Interessadas nas estratégias e compromissos da nossa Instituição são peça fundamental no nosso Sucesso, permitindo que tenhamos um desenvolvimento sustentável das nossas ações.

Relatório e Contas de 2017

De acordo com o número 2, Artº 14-A do Estatuto aprovado pelo Decreto-Lei nº 119/83, de 25 de Fevereiro, com a redação que lhe foi conferida pelo Decreto-Lei n º 172-A/2014, de 14 de Novembro, procedemos à publicação das Contas do Exercício de 2017 no nosso sítio institucional (site).

 

Relatório e Contas 2017

Associação Pelo Prazer de Viver integra Plataforma de Apoio aos Refugiados

A Associação Pelo Prazer de Viver com o intuito de promover uma intervenção ativa no acolhimento de refugiados, formalizou durante este mês de outubro a sua adesão à Plataforma de Apoio aos Refugiados. A PAR constitui-se como sendo uma plataforma de organizações da sociedade civil, para o apoio aos refugiados, no decurso da presente crise humanitária. Atualmente, a plataforma conta com a adesão de cerca de 250 instituições.

No dia 14 de outubro de 2015 realizou-se a primeira Assembleia Geral da Plataforma, na qual o Dr. Rui Marques, Presidente do Instituto Padre António Vieira, foi eleito Coordenador da Plataforma, e onde foram assinados os primeiros protocolos com as Instituições anfitriãs que vão receber as primeiras famílias de refugiados que chegarão ao nosso país.

A APPV disponibilizou-se a promover esforços no sentido de reunir condições para que possa acolher uma família de refugiados.

Mais informações sobre a PAR podem ser consultadas através do site www.refugiados.pt

 

Aulas de Zumba no Centro Comunitário

Ritmo, diversão e movimento…Aulas de Zumba já em Abril!
Encontram-se abertas as inscrições para as aulas de Zumba.
Todas as quartas-feiras, às 20h00 no Auditório da APPV, Aulas de Zumba com a Prof. Ana Portela.
As inscrições devem ser feitas na secretaria da APPV.
Zumba-Mozelos-2015-A3-web

Reviver a História Firmando Raízes

Por ocasião da inauguração da Comunidade Terapêutica.

A 23 de outubro de 1998 era inaugurada a Comunidade Terapêutica Casa Grande, no lugar da Vergada, freguesia de Mozelos.

Era o culminar de uma longa batalha, pela criação desta resposta de apoio ao tratamento e reinserção de toxicodependentes.

Foram muitos os obstáculos que tiveram que ser ultrapassados, desde os aspetos de ordem financeira até à resistência por parte de algumas franjas da população que não via com agrado a abertura da comunidade terapêutica. Com muito trabalho, esforço e perseverança conseguiram-se reunir as condições que permitiram materializar esta realidade.

Foi mais um marco importante no reconhecimento que a toxicodependência deve ser vista como uma doença, contribuindo sem dúvida para afastar a visão estigmatizante que infelizmente se encontra associada a esta patologia.

Cremos que o tempo nos veio a dar razão. A Comunidade Terapêutica encontra-se perfeitamente integrada no meio; contribuiu para a recuperação de vários toxicodependentes e mais recentemente alcoólicos; contribuiu para quebrar preconceitos; sendo, igualmente, uma das valências da Associação com mais reconhecimento externo.

Na inauguração estiveram presentes, entre outros, o Presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, Alfredo Henriques, o Bispo do Porto D. Armindo Lopes Coelho e o Ministro- adjunto do Primeiro-ministro, José Sócrates.

Comunidade Terapêutica Casa Grande